terça-feira, 24 de abril de 2018

Palestra Acidente de Trajeto no SENAI, programação Abril Verde Paraíba 2018


“Como aluno, o SENAI foi o protagonista no enfrentamento dos novos desafios em minha vida me proporcionou ampliação de conhecimentos e recursos a serem utilizados no cotidiano profissional, harmonizou ação para competitividade no mercado de trabalho; E hoje com prazer participei da Campanha ‘Abril Verde’ no Senai do Distrito Industrial de João Pessoa, palestrando sobre Acidentes de Trajeto, uma grande alegria presenciar esses jovens se qualificando e se preparando para o futuro profissional". Hélio de Melo. 

Participaram cinquenta e sete alunos de diversos cursos faixa etária de 16 a 19 anos.

Assunto abordado em função do grande número de alunos usando motocicleta com constatação de ocorrências de acidentes de trajeto envolvendo alunos e profissionais docentes caracterizando acidente de trabalho, participaram coordenadores, professores e alunos. 

Agradecimento ao SENAI em abrir as portas, proporcionando a divulgação do Abril Verde na base escolar de futuros profissionais. 
  

Abril Verde Paraíba 2018


segunda-feira, 23 de abril de 2018

Hortaliça Sempre Verde empresa parceira do Abril Verde Paraíba 2018


Cinquenta e seis participantes no evento na cidade de Alagoa Nova - PB

Sorteio de brindes para os participantes. 
Fórum de saúde do trabalhador é realizado pelo Cerest-CG na FIEP, participação Ilustre do Sr. Inácio Luna, Produtor de Orgânicos a mais de 40 anos, parceiro do Abril Verde FIEP. 

 Evaldo Costa, Inácio Luna e José Ribamar

Certificação do Ministério do Trabalho da Paraíba.

Curso NR 33 no IPC/PB Instituto de Polícia Científica do Estado da Paraíba.



Curso de Trabalho em Espaço Confinado para Peritos do IPC/PB, também conhecido como Treinamento NR-33, de acordo com a Norma Regulamentadora do Ministério do Trabalho, que se refere à segurança e saúde nos trabalhos em espaços confinados.

Espaço Confinado é definido pela NR-33 como uma área ou ambiente não projetado para ocupação humana contínua, que possui meios limitados de entrada e saída, cuja ventilação existente é insuficiente para remover contaminantes ou onde pode existir a deficiência ou enriquecimento de oxigênio. Alguns exemplos de espaços confinados são os serviços de gás, esgoto e eletricidade.

Para entrar em um espaço confinado, a empresa deve fornecer uma autorização para Permissão de Entrada e Trabalho – PET. Esta permissão é exigida por lei e é executada pelo supervisor de entrada. O curso é obrigatório para trabalhadores, vigias e supervisores que trabalhem em espaços confinados.

domingo, 22 de abril de 2018

ERCIPA 2018


Governo realiza programação do “Abril Verde” com ações preventivas de acidentes de trabalho


BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

A Secretaria de Estado da Saúde, por meio do Centro de Referência Estadual de Saúde do Trabalhador da Paraíba (Cerest-PB), está realizando durante o mês de abril, em todo o estado, ações de conscientização sobre acidentes e doenças do trabalho. As atividades fazem parte da programação do “Abril Verde”, Campanha que tem como objetivo a promoção e a prevenção em saúde do trabalhador.

Segundo a diretora do Cerest-PB, Celeida Barros, a escolha do mês de abril para abordar o tema ocorreu devido ao Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes de Trabalho ser comemorado dia 28 deste mês. “O “Abril Verde” é uma iniciativa criada em 2013, que tem o intuito de conscientizar a população sobre doenças e acidentes do trabalho, visando diminuir a crescente ocorrência e a mortalidade dos últimos anos. O movimento chama a atenção da sociedade brasileira para a adoção de uma cultura permanente de prevenção de acidentes de trabalho e doenças relacionadas ao trabalho”, explicou.

De acordo com a programação, o movimento teve início com a realização, em João Pessoa, de oficinas de Boas Práticas de Saúde e Segurança para trabalhadores da agricultura familiar da agroecologia e catadores. Nesta quarta-feira (18), será realizada, em Barra de São Miguel, uma reunião para discussão de ações de promoção e prevenção para trabalhadores de poços artesianos e cisternas dos 14 municípios do Cariri. Também haverá o lançamento do Guia Básico de Prevenção de Acidentes em Espaços Confinados. Já no dia 25 será realizada a implantação do Núcleo de Saúde do Trabalhador, no município de Sousa. As atividades do “Abril Verde” se encerram dia 26, com a 4ª Edição do Circuito de Saúde, Cultura e Direitos dos Trabalhadores e Trabalhadoras, também em Sousa.

Segundo o Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, no período de 2012 a 2017 foram registrados 12.578 óbitos por acidente de trabalho no Brasil, sendo 114 na Paraíba. Diariamente, cerca de seis trabalhadores são afastados de suas funções por causa de acidentes de trabalho e doenças laborais em todo o estado. Só em 2017 foram 2.171 afastamentos, que geraram R$ 9,4 milhões de gastos previdenciários. As consequências dos acidentes de trabalho vão desde o afastamento temporário e a redução da capacidade laboral, à invalidez permanente e até ao óbito do trabalhador.

“Muita gente pensa que o Sistema Único de Saúde é responsável apenas pela parte da assistência. É importante frisar que, por meio da Portaria 1823/2012, foi instituída a Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora, considerando os altos índices de mortalidade e adoecimento no trabalho. A partir daí, a saúde do trabalhador passou a ser assunto de Saúde Pública, do SUS”, acrescentou Celeida.

História – Em 28 de abril de 1969, uma explosão em Farmington, no estado da Virgínia, nos Estados Unidos, deixou 78 mineiros mortos. Em 2003, em memória às vítimas, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) adotou a data como o dia oficial da segurança e saúde nos locais de trabalho.

Desde maio de 2005, foi instituído o Dia Nacional em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho, por meio da Lei nº 11.121.

II Encontro Estadual do Serviço Social e Reabilitação Profissional


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...